Posted on / by horaios / in Blog

Cuidados necessários para quem tem sardas no verão

Qualquer tipo de pele exige um cuidado redobrado no verão. Essa cautela deve ser ainda maior quando se tem sardas. Naturalmente mais sensível, a pele com essa característica tem a necessidade de estar superprotegida nos dias mais quentes do ano para não acabar manchada.

As sardas ( http://www.horaios.com.br/o-que-sao-efelides/) são pequenas manchas amarronzadas que aparecem em áreas que ficam muito expostas ao sol como o rosto, o pescoço e o colo. Essas lesões cutâneas são benignas e não apresentam risco de virar um câncer, porém são resultado do fotoenvelhecimento da pele e exigem cuidados.

Cuidados

As lesões na pele são desencadeadas pelos raios ultravioletas e a melhor maneira de evitá-las é não ficar exposta à luz do sol. Para isso, é necessário utilizar o filtro solar com proteção UVA e UVB e FPS acima de 30. “Para quem tem sardas, o ideal é reaplicar o protetor solar a cada três horas em dias normais ou a cada duas horas para períodos de longa permanência sob o sol. Além disso, use também um chapéu e roupas com tecidos que já possuem o filtro UV em sua fibra.”, aconselha o dermatologista Dr. Alberto Cordeiro (CRM 125.757)

Segundo ele, o motivo para tanto cuidado é a maior ação dos raios solares nos dias de calor intenso que, além de riscos mais sérios, pode prejudicar transformando as pintas delicadas em manchas mais escuras. “Com uma incidência maior de raios solares, a pele produz mais melanina na área das sardas, deixando-as mais escuras.”, esclareceu o profissional (CRM 125.757)

Se, mesmo não descuidando do protetor solar, você perceber que as pintinhas estão aumentando ou ficando com um aspecto diferente, procure um dermatologista. Só um profissional especializado poderá avaliar o motivo das alterações da sua pele e descartar problemas mais sérios.

Tratamento

Já para quem busca clarear as sardas há tratamentos específicos à base de peeling, laser e luz intensa pulsada, além dos cremes clareadores, que podem melhorar e muito o aspecto.

Esses procedimentos são indicados para serem feitos nos meses de inverno. Cabe ao profissional especializado avaliar e indicar o método mais adequado. Lembrando que mesmo após o tratamento, é sempre necessário continuar com os cuidados com o sol, pois a tendência é de as sardas retornarem.

Agende uma consulta e conheça dos tratamentos disponíveis para o seu tipo de pele.

Tags:
× Como podemos te ajudar?