Posted on / by horaios / in Blog

Dieta Mind: esperança para a melhora cognitiva

Mind é uma palavra inglesa para ‘mente’. A dieta Mind combina alimentos e recomendações das já consagradas Dash e Mediterrânea. Elas estão associadas à prevenção de doenças cardíacas, hipertensão, derrames e também ao aumento da longevidade.

De acordo com o Dr. Bruno Takatsu, nutrólogo da Horaios Estética, “a dieta MIND tem uma atuação especificamente na saúde do cérebro e, consequentemente, reduz o risco de demência senil (Alzheimer)”, explica.

Veja também:

Por isso, o novo menu contém nutrientes que garantem a melhor fluidez da ligação entre os neurônios. Assim como aumento da plasticidade dessas células cerebrais e a diminuição da inflamação e da oxidação. Ou seja, tudo que garante um bom funcionamento cognitivo. Em estudo, quem aderiu à dieta Mind, rigorosamente, viu o risco de Alzheimer cair em até 53%. Além disso, para quem a seguiu de forma moderada, a redução foi de aproximadamente 35%.

No que consiste a dieta Mind

Ela prevê o consumo de pelo menos três porções de grãos integrais, uma salada e um outro vegetal diariamente, junto a um copo de vinho. Os lanches devem incluir frequentemente oleaginosas, isto é, nozes, castanhas e amêndoas. Já as leguminosas como feijão, ervilha e grão-de-bico precisam aparecer no prato diariamente ou a cada dois dias.

Peixes são indicados, no mínimo, uma vez na semana, enquanto aves são bem-vindas pelo menos duas vezes por semana.

Ainda de acordo com Dr. Bruno, a Mind é considerada uma dieta segura. “Ela preconiza alimentos saudáveis e restringe ou elimina o consumo de produtos processados e ultraprocessados. A maioria das pessoas pode fazê-la.  A exceção é para quem tem alergia e intolerância a alimentos recomendados pela dieta.”

O especialista também faz um alerta: o objetivo da Mind não é emagrecer e, sim, contribuir para a saúde cerebral e cardiovascular. “Privilegiar uma alimentação mais saudável no lugar de doces, fast-food e alimentos processados contribuiu para eliminar alguns quilos.”

Mas ressaltou que para a perda de peso ocorrer de forma saudável e efetiva é preciso associar a alimentação a outros comportamentos. “Ter um sono adequado, praticar exercício físico, comer sem distrações e controlar a ansiedade são fundamentais para quem busca emagrecimento.”, finaliza o nutrólogo.

Fonte: Claudia online

Tags: